12 de março de 2008

Cérebro Químico


Pesquisadores no Japão criaram um "cérebro" químico minúsculo, que, no futuro, poderá ser usado como uma espécie de controle remoto para nanomáquinas. O dispositivo molecular - cujo tamanho é de apenas dois bilionésimos de um metro de lado a lado - conseguiu controlar oito destas máquinas microscópicas simultaneamente.

Os cientistas do Instituto Nacional de Ciências Materiais de Tsukuba, Japão, publicaram a pesquisa na revista especializada americana Proceedings of the National Academy of Sciences.

"Se (no futuro) alguém quiser fazer uma operação à distância em um tumor, poderá enviar algumas máquinas moleculares ao local", disse o médico Anirban Bandyopadhyay, que participou da pesquisa.

"Mas não é possível apenas colocar (as máquinas moleculares) no sangue e esperar que elas se dirijam ao lugar certo."Para Bandyopadhyay, o cérebro químico pode oferecer uma solução para esse problema. Ele acredita que um dia, este dispositivo poderá guiar os nanorobôs pelo corpo e controlar suas funções.

"Este tipo de dispositivo simplesmente não existia, esta é a primeira vez que criamos um nanocérebro", disse o pesquisador à BBC.

'Dispositivo lógico'

O "cérebro químico" é composto por 17 moléculas do composto químico duroquinona. Cada uma das moléculas é conhecida como "dispositivo lógico".

Cada uma se parece com um anel, com quatro raios que se sobressaem.

Uma molécula de duroquinona fica no centro do anel, formado pelas outras 16 moléculas restantes e todas são ligadas por elos químicos, conhecidos como elos de hidrogênio.

"Nós instruímos apenas uma molécula (para que mudasse seu estado) e, simultaneamente e de forma lógica, esta molécula instruiu as outras 16", disse Bandyopadhyay.

Controle

Para testar a unidade de controle, os cientistas acoplaram oito nanomáquinas criadas por outros pesquisadores.

Todas as oito nanomáquinas responderam simultaneamente a uma única instrução.

"Temos provas claras de que podemos controlar estas máquinas", disse Bandyopadhyay.

A habilidade deste dispositivo de funcionar como uma unidade de controle central também abre a possibilidade de seu uso em computadores, para aumentar seu poder de processamento de informações, afirmam os especialistas.



Esta matéria foi retirada do site Último Segundo.



Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails