2 de julho de 2009

O problema da ignorância química

Há alguns meses fomos surpreendidos por uma matéria na revista Veja falando sobre como fazer limpeza doméstica sem química. Minha indignação maior foi pelo fato de que a revista não se preocupou em consultar alguém da área para saber se tudo aquilo fazia algum sentido.

Matérias como essa numa revista de tamanha circulação e com tanta gente que confia plenamente no que ela diz (um erro!) é que ajudam a pintar uma imagem negativa da ciência Química, reforçando a ideia de que tudo o que é químico é prejudicial. Até fiz uma postagem aqui no blog falando da minha indignação com a matéria (leia aqui).

Mas agora o professor Luis Fernando Pereira publicou na Folha de São Paulo, no caderno Fovest, uma coluna, que pode ser considerada uma boa resposta à matéria da Veja. No artigo o professor também demonstra preocupação com o problema da ignorância química e cita alguns exemplos de situações em que a Química é apontada como vilã.

Para ter acesso ao artigo eletrônico é preciso ter a senha da Folha ou do UOL. Mas é possível ler uma prévia do artigo que o professor Luis publicou em seu blog antes da versão final para a Folha de São Paulo. Clique aqui e leia o texto.

O que queremos com isso? Alertar você, professor, para o problema e pedir que continue tentando fazer com que seus alunos entendam o que é a Química, do que ela trata e como está inserida em suas vidas. Só assim poderemos dar um fim a essa ignorância bradada aos quatro ventos!

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails